Idosa falta à vacinação e polícia descobre seu cadáver em casa; marido cometeu assassinato há 12 anos

Uma idosa que estava prestes a completar 80 anos foi encontrada morta em casa depois de não comparecer ao posto de vacinação para receber a primeira dose do imunizante contra a Covid-19, na Escócia. Segundo autoridades locais, o principal suspeito é o marido da mulher. A polícia acredita que ele possa ter escondido o corpo no local por até 12 anos. 

De acordo com o site IG, a idosa teve sua morte descoberta por enfermeiras, que foram até seu endereço, na cidade de Aberdeen, após ela faltar à vacinação. Ao ser questionado sobre sua esposa, o marido, de 78 anos, disse que ela tinha viajado.

Desconfiados, os integrantes da equipe de enfermagem conversaram com os vizinhos e decidiram acionar a polícia ao perceberem que a mulher não era vista há anos. Ao chegar na casa, o homem deu a mesma versão aos policiais, que fizeram uma busca pela casa e encontraram o corpo da idosa. Testes confirmaram que se tratava do cadáver de Christina.

Ainda de acordo com informações do site, uma porta-voz da polícia disse que “a morte está sendo tratada como inexplicável e as investigações estão em andamento” ao jornal local Evening Express . Não há mais informações sobre o paradeiro de Daniel, mas a casa foi coberta com tapumes enquanto o trabalho da polícia continua.

A suspeita da polícia é de que a mulher esteja morta há 12 anos, já que o último relato de alguém ter visto ela ter sido em 2009. 

 Por: Redação BNews

%d blogueiros gostam disto: